A bênção no Antigo Testamento

Marivete Zanoni Kunz

Resumo


A pesquisa que segue faz uma análise do assunto bênção no Antigo Testamento. São observadas a identificação e uso do termo no texto bíblico e as nuanças a partir deste uso, ou seja, se diz respeito a benefícios materiais e/ou outros. Algumas características da bênção no Antigo Testamento também são abordadas, como sua importância e o que pode ser considerado em questões de palavras e ações que acompanham a bênção proferida; se existe um ambiente ou ocasião específica para o ato de abençoar e quem tinha o direito ou poder de transmiti-la. São apresentados os objetivos da bênção, mostrando o que acarretava a manifestação da mesma. A partir de alguns personagens bíblicos, revela-se de onde provém a fonte de poder para abençoar. O contexto da história de Israel é utilizado para que haja uma melhor compreensão do assunto e seus aspectos. Assim é possível chegar a uma verificação das consequências que a mesma produz, ou seja, como o ser humano reage diante dela tanto no que diz respeito a Iavé como ao seu próximo.

Palavras Chave: Bênção. Antigo Testamento. Iavé.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Revista Batista Pioneira está licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Não Comercial – Sem Derivações – 4.0 Internacional.

A revista está catalogada nos seguintes indexadores: