TRADICIONAL X CONTEMPORÂNEO: A DINÂMICA QUE PODE ENRIQUECER O CULTO PÚBLICO DA IGREJA

Hariet Wondracek Kruger

Resumo


A busca por um estilo perfeito que possa fazer do culto público um acontecimento espiritual relevante para a atual geração é constante, e passa por diversas fases. O fato é que nenhum estilo é eterno, nem permanente, e os estilos passam por processos de transformação que a maioria das pessoas prefere não enfrentar. A exclusividade do uso de apenas um deles em detrimento do outro carrega-se de controvérsias e traz consigo discussões e divergências entre líderes e liderados, causando até mesmo divisões sérias na igreja. Faz-se necessário, portanto, um estudo apropriado da dinâmica destes estilos, junto com suas possibilidades de convívio e aceitação, sem deixar de perceber que escolhas exclusivas sempre causarão alguma forma de rejeição do grupo que não as aprecia.

Palavras-chave: Culto. Convívio. Tradição. Contemporaneidade.

Traditional x Contemporary: the dynamics that can enrich the public service of the church

ABSTRACT

The search for a perfect style, that can make the public service a relevant spiritual event for the current generation, is constant, and goes through several phases. The fact is that no style is eternal, nor permanent, and the styles go through processes of transformation, that most people prefer not to face. The exclusivity of the use of only one over the other is fraught with controversy and brings with it discussions and disagreements between leaders and subordinated ones, causing even serious divisions in the church. It is necessary, then, an appropriate study of the dynamics of these styles, together with their possibilities of conviviality and acceptance, realizing that exclusive choices will always cause some form of rejection by the group that does not appreciate them.

Keywords: Service. Conviviality. Tradition. Contemporaneity.

 

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Revista Batista Pioneira está licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Não Comercial – Sem Derivações – 4.0 Internacional.

A revista está catalogada nos seguintes indexadores: