O CONCEITO DE CARNE (SARX) NA TEOLOGIA PAULINA

Fred Roland Bornschein

Resumo


Este artigo tem como propósito analisar o conceito de “carne” (sarx) na antropologia do apóstolo Paulo, por meio de uma pesquisa bibliográ ca. O apóstolo usa esta expressão de duas maneiras: uma moralmente neutra e outra num sentido negativo, como uma realidade antagônica a Deus. De uma forma moralmente neutra, Paulo usa o termo de diversas maneiras, mas o uso mais comum é como uma força negativa, oposta a Deus e ao Espirito de Deus. No conceito paulino, a “carne” não é algo no homem, mas é o próprio ser humano, na plenitude sua realidade ontológica, descartando a submissão a Deus e assumindo de forma arrogante o controle autônomo de sua vida. Desta maneira, não é possível “estar na carne” e “estar no Espírito” de forma simultânea. O cristão não está mais na carne, não anda mais segundo a carne. Contudo, também nesta área se evidencia a realidade do “já, mas ainda não”. O cristão não está mais na carne, mas pode voltar a praticar as obras da carne. Devido a isto, faz parte do viver cristão a prática constante da santi cação e da comunhão com Deus.

Palavras-chaves: Antropologia. Carne. Sarx. Já-ainda não. Indicativos e imperativos.

The Concept of Flesh (sarx) in Pauline Theology

ABSTRACT

This article aims to analyze the concept of “ esh” (sarx) in apostle Paul’s anthropology, by means of a bibliographical research. The apostle uses this expression in two ways: one morally neutral and one in a negative meaning, as a reality antagonistic to God. In a morally neutral way, Paul uses the term in several ways, but the most common usage is as a negative force, opposed to God and the Spirit of God. In the Pauline concept, the “ esh” is not something in man, but it is the human being himself, in the fullness of his ontological reality, discarding submission to God and arrogantly assuming the autonomous control of his life. So it is not possible to “be in the  esh” and “be in the Spirit” simultaneously. The Christian person is no longer in the  esh, no longer walks according to the  esh. However, in this area also comes up the reality of the “already, but not yet”. The Christian is no longer in the  esh, but can go back to the practices of the  esh. Due to this, the constant practice of sancti cation and communion with God is part of Christian living.

Keywords: Anthropology,  esh, sarx, already-not- yet, indicative and imperative.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Revista Batista Pioneira está licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Não Comercial – Sem Derivações – 4.0 Internacional.

A revista está catalogada nos seguintes indexadores: